Trading- gráfico do mercado de ações

Por definição, o termo trading refere-se à negociação de produtos financeiros. Traders são negociantes especializados em comprar, vender e comercializar diferentes produtos no mercado financeiro.

Existem muitos equívocos sobre o trading e os famosos traders. Aqui estão algumas definições simples para entender melhor o que é trading e quem são os traders. Dominar esses conceitos ajudará você a entender melhor os diferentes objetivos do trader.

Afinal, o que é Trading?

O termo “trading”, em inglês, significa comércio, isto é, negociar. É a ação de negociar a compra, venda ou troca de produtos ou serviços financeiros. 

O trading ocorre quando alguém, por meio de uma corretora, negocia títulos, ações, commodities, moedas entre outros ativos no mercado secundário. A ideia principal do trading é comprar um produto financeiro a um preço baixo e vendê-lo a um preço alto, lucrando na diferença de preços.

E quem é o Trader?

O trader é um negociador de ativos financeiros assim como o investidor. Ele é o agente que atua na compra e venda de ativos financeiros e sua função é fundamental para o funcionamento do mercado. É por meio da assistência do trader que o mercado é precificado, no curto prazo. Ademais o trader também auxilia a dar mais liquidez ao mercado financeiro.

Existem vários tipos de traders. Entre eles podemos destacar os seguintes:

  • Trader Institucional: sua característica é negociar em nome de terceiros. Ele se remunera cobrando uma comissão sobre as operações realizadas pelos clientes. A autonomia do trader institucional varia de acordo com a flexibilidade da instituição. Algumas dão total liberdade ao trader nas operações de compra e venda enquanto há outras que são totalmente rígidas na tomada de decisão. 
  • Trader Autônomo: Por outro lado, o trader autônomo negocia com recursos próprios. Este profissional tem mais liberdade em suas decisões e o sucesso nas negociações depende totalmente de sua habilidade.  
  • Sales Trader: este profissional tem um perfil mais comercial. Além de intermediar na compra e venda de ativos, ele mantém uma relação com seus clientes oferecendo produtos financeiros e executando ordens.
  • Brokers: são os traders que apenas executam as ordens. Seu perfil não inclui a tomada de decisão somente executa o que lhe é ordenado.
  • Trader Individual: é o indivíduo que utiliza o trading como uma segunda fonte de renda. A diferença entre o trader individual e o trader autônomo é que este último utiliza o trading profissionalmente, sendo sua principal fonte de renda.  Não podemos confundir, assim como existe o jogador de futebol profissional, há também o jogador amador, que somente joga por hobby. Ele continua atuando na sua profissão apesar praticar outra, neste caso, o trading.  

Com a democratização e popularidade das ferramentas para o trading, mais e mais indivíduos se interessam por esta emocionante profissão. Está cada vez mais distante a ideia de que o trading é algo fácil e que traz dinheiro rápido. Dedicação e disciplina são dois elementos essenciais para o sucesso do trader seja como autônomo ou institucional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui