Produto Interno Bruto o indicador de consumo de um pais

O que é o produto interno bruto?

O Produto Interno Bruto (PIB) é um indicador econômico. Mede a riqueza produzida por um país ou por uma zona econômica durante um determinado período.

Este indicador quantifica a produção de riqueza dos agentes econômicos residentes em uma zona econômica. Não deve ser confundido com o Produto Nacional Bruto (PNB), que agora está em desuso. Assim como PNB é baseado na nacionalidade das empresas, o PIB é baseado em sua localização.

Apesar de ser algumas vezes criticado, o PIB continua sendo um grande indicador da saúde econômica de um país. Para entender os balanços e as tendências econômicas de uma nação, é importante conhecer o método de cálculo e a evolução do PIB.

Como o PIB é calculado?

O PIB de um país é calculado somando todos os valores agregados realizados dentro de uma zona econômica durante um dado período (como um trimestre ou um ano, por exemplo) para todos os ramos de atividade. 

O consumo privado, os investimentos, os gastos do governo e as exportações líquidas (exportações menos importações) são contabilizados para se chegar ao número final do PIB. 

No cálculo do PIB encontram-se diversos dados produzidos pelo IBGE e por outras fontes. Entre esses índices que formam o PIB estão o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor), e o Balanço de Pagamentos. 

No PIB não entram os valores do processo de produção, somente o preço final do produto. Por exemplo, ao calcular o preço de um pão são desconsiderados os valores das matérias primas pois já estão embutidas ao valor final. Ou seja, se o preço do trigo custa R$ 0,20, o da farinha de trigo R$0,30 e o pão custa R$1,00, somente será contabilizado o preço final do pão (R$ 1,00) e assim para todos os produtos. Isso acontece para não haver contagem repetida. 

Utilidade do PIB

É comparando o Produto Interno Bruto de um ano para outro que o crescimento econômico de um país é calculado. Se o PIB aumenta, o país está crescendo economicamente. No caso de um declínio no PIB, significa que o país recuou seu crescimento. 

O Produto Interno Bruto também permite conhecer o PIB per Capita. Ele é calculado pela divisão do PIB de um país pelo seu número de habitantes. Esta proporção é comumente usada para se obter uma ideia geral do padrão de vida dos habitantes de um país.

Limites do PIB

Apesar de sua popularidade, este principal indicador é criticado devido a certas limitações. De fato, a simples análise do PIB de um país não permite saber mais sobre a distribuição da riqueza. As informações fornecidas pelo PIB, portanto, oferecem apenas uma visão limitada do verdadeiro padrão de vida de seus habitantes.

Para entender melhor a saúde econômica e a riqueza de um país, mais e mais especialistas estão olhando para o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Esse indicador permite uma abordagem mais abrangente da questão, pois leva em consideração a saúde e a educação dos moradores, além de seu padrão de vida.

O PIB também é um indicador de consumo de um país. Ele está diretamente ligado a duas variáveis: a rendas das pessoas e a taxa de juros. Quando a renda das famílias aumenta, a tendência é de que elas consumam mais, com isso, o PIB nacional aumenta. Por outro lado, quanto mais alta a taxa de juros, menos as famílias se sentiram estimuladas a consumir e, ao invés disso, pouparão mais, pois haverá um prêmio por disso. Mais pessoas estarão dispostas a abrir mão de consumir para utilizar esse dinheiro no futuro.

Conclusão

O PIB permite que formuladores de políticas e bancos centrais julguem se a economia está se contraindo ou se expandindo, se precisa de um impulso ou restrição e se uma recessão ou inflação está a caminho. Como qualquer indicador, o PIB tem suas imperfeições. Os meios de calcular o PIB evoluíram continuamente desde a sua concepção, a fim de acompanhar as medidas em evolução da atividade da indústria e a geração e consumo de novas formas emergentes de ativos intangíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui